Espaços Culturais

Integram a Secretaria Municipal de Cultura os espaços culturais: o Casarão dos Versianni Maurício (atual sede da Secretaria Municipal de Cultura), o Centro Cultural Doutor Hermes de Paula, a Galeria Godofredo Guedes, o Auditório Cândido Canelas e a Biblioteca Pública Doutor Antônio Teixeira de Carvalho. Para além do Centro Histórico da Praça da Matriz, encontram-se as unidades Casa do Artesão, as futuras instalações do Armazém Montes Claros, com destaque para o Projeto Casa do Tambor.

Casarão dos Versianni Maurício: Sobrado com 200 anos de construção, é considerado um dos mais importantes pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais – IEPHA. O casarão, dentro do sistema construtivo tradicional é constituído de estrutura autônoma de madeira e vedação em adobe e taípa. Tombado pelo município, foi completamente restaurado e, desde 2011 é sede da Secretaria Municipal de Cultura.
Entre as curiosidades de sua história, merece destaque o fato de ter abrigado o naturalista francês Augusto Saint-Hilare (1779/1853), que em 1817, percorreu o interior de Minas Gerais pesquisando as riquezas da fauna e flora da região.

Centro Cultural Doutor Hermes de Paula: O Centro Cultural Doutor Hermes de Paula é um complexo cultural público, administrado pela Prefeitura Municipal de Montes Claros, por meio da Secretaria Municipal de Cultura. O espaço conta com uma sala de espetáculos - Auditório Cândido Canela, uma galeria de arte - Galeria Godofredo Guedes e uma biblioteca - Biblioteca Púbica Dr. Antônio Teixeira de Carvalho. Inaugurado em 1979, é um dos equipamentos culturais mais importantes do município para a promoção da arte e da cultura local. Ao longo dos anos vem recebendo importantes manifestações culturais, como recitais, espetáculos musicais, teatrais, de dança, palestras e seminários, colaborando sobremaneira para o desenvolvimento das artes de nosso município e da região norte-mineira.

Biblioteca Pública Doutor Antônio Teixeira de Carvalho: Guardiã de um dos mais valiosos acervos do interior do estado, sendo uma grande parte obtida por meio de doações, a Biblioteca Pública possui mais de 55 mil títulos.
A Biblioteca Pública de Montes Claros funciona de segunda a sexta-feira, das 08 às 22 horas. Para se cadastrar e ter direito aos seus serviços, incluindo o empréstimo de livros, basta ao interessado apresentar documentos pessoais (Carteira de Identidade), uma foto 3x4 e comprovante de residência. O cadastramento é feito sem burocracia, de modo simples e rápido para permitir que a pessoa possa utilizar os seus serviços imediatamente. Mais de vinte mil pessoas frequentam mensalmente a Biblioteca, que também se destaca pelo fato de ser a única de Montes Claros a oferecer ao cidadão a oportunidade de levar livros – até dois, para casa, por um período de uma semana. Caso ele não consiga concluir as leituras neste prazo, o empréstimo pode ser prorrogado por mais sete dias.

Galeria Godofredo Guedes: Localizada no Mezanino do Centro Cultural Doutor Hermes de Paula, a Galeria Godofredo Guedes é um espaço de exposição permanente, aberto principalmente a mostras de artistas plásticos locais em apoio à divulgação de seus trabalhos. O espaço é também reservado para lançamento de livros, intervenções artísticas, performances e instalações diversas. A Galeria abriga ainda uma vitrine exclusiva de divulgação e comercialização de obras do artesanato de nossa região, especialmente aqueles produzidos na Casa do Artesão.

Auditório Cândido Canela: Instalada no subsolo do Centro Cultural Doutor Hermes de Paula a sala de espetáculos com 186 lugares é o principal espaço do município dedicado às artes e à cultura. Ao longo dos seus 38 anos tem sido palco das mais diversas atividades culturais como shows, espetáculos de dança, teatro, seminários, palestras e conferências.

Casa do Artesão: Criada com o intuito de preservar, incentivar e criar oportunidades de produção para os artesãos que trabalham a cultura popular e tradicional com as mãos, a Secretaria Municipal de Cultura mantém no bairro de Lourdes a Casa do Artesão, espaço livre de aprendizado, criação e comercialização de peças do melhor artesanato produzido em nossa região.
Na Casa mantém cursos permanentes de crochê, vagonite, ponto cruz, bainha, bordados em ponto cheio, cerâmica e bonecas de pano.

Armazém Montes Claros

O Antigo Armazém de Cargas da Rede Ferroviária, fruto de um termo de comodato celebrado entre o município e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte – DNIT, finalmente será ocupado como um grande centro cultural multiuso. O espaço abrigará a Casa do Tambor, a oficina de construção de rabecas e violas caipiras e o projeto Criançamento.

Casa do Tambor
Espaço para criação musical em percussão, tem como objetivo promover a integração social de crianças e adolescentes por meio de oficinas de arte-educação. Coordenadas pelos professores Cláudio Mineiro e Tico Lopes, as oficinas atenderão, gratuitamente, crianças e adolescentes de 7 a 17 anos no contra turno escolar. Além das oficinas de musicalização, os alunos terão acompanhamento pedagógico em língua portuguesa e matemática, contanto, ainda com oficinas de xadrez. A Casa do Tambor será um centro de referência e valorização dos ritmos e dos instrumentos de percussão tradicionais do nosso folclore.

Oficina de Rabecas e Violas Caipiras
A criação de uma lutheria tem como principal motivação manter viva a tradição da construção dos instrumentos utilizados pelos foliões de nosso reisado. A Oficina de Rabecas e Violas Caipiras propõe não apenas ensinar as técnicas de construção dos instrumentos, mas, também a tocá-los e é voltada, principalmente para os integrantes dos Ternos de Folias de Reis e Pastorinhas da cidade e região. Por meio da Lutheria, a Orquestra de Rabecas de Montes Claros, que já se apresentou no Palácio das Artes em Belo Horizonte e na capital federal, será fortalecida e ampliada.

Criançamento

O Projeto promove e incentiva a prática da leitura e o interesse pela literatura para crianças e adolescentes. Implementada no contra turno escolar, a proposta busca apresentar e disseminar a literatura entre alunos da rede municipal. Além do acesso às obras literárias, outras atividades são realizadas como a contação de histórias, que se apresenta como uma roda de histórias cantadas com instrumentos de percussão, oficina de expressão corporal para teatro e teatro de fantoches.

 

_________________________________________________________________________________________
     Av. Cula Mangabeira, 211 - Centro - CEP: 39.401-002   |   (38)2211-3000   |  Montes Claros - MG-Brasil
     © Copyright 2013/2017 www.montesclaros.mg.gov.br
 
   Design | ASCOM-PMMC - 2017